O que você faz para escapar do cem-quilos no Jiu-Jitsu?

Robert Drysdale por cima de Bráulio Estima, na faixa-marrom do Mundial 2003. Foto: Gustavo Aragão/fonte : GRACIEMAG.com

Quando você deixa o lutador de Jiu-Jitsu chegar aos cem-quilos, a posição traduz que ele está no caminho certo – e você com problemas. Ele já passou a guarda, o que equivale a três pontos no placar, e agora está pronto para montar e/ou finalizar você. Tanto em torneios como nos treinos, a posição peito com peito incomoda, e caso o cara em cima baixe o quadril a pressão é maior ainda.

Para revisar a posição, comece estudando como se ataca, com nosso GMA no Texas João Crus, professor que ensina dois ataques partindo dos cem-quilos e ainda um macete para evitar a inversão.

Agora, o GRACIEMAG.com lista 5 lições importantes para você sair da pressão, com algumas feras do pano.

1. NÃO ABRACE SEU ADVERSÁRIO

Como lembra João Paulo Marques, faixa-preta da Mossoró Combat e parceiro de treinos do UFC Gleison Tibau, “O ideal seria não deixar seu adversário chegar até essa posição. Mas, uma vez nela, nunca abrace seu adversário. Procure esconder pescoço e braços, e procure afastá-lo para repor a guarda”. Em caso de o adversário abraçar o seu pescoço, João Paulo sugere que você ganhe a esgrima e rode para as costas. “É uma saída esperta e muito eficiente”.

2. NÃO FIQUE PARADO, SE MOVIMENTE

“Sempre se movimente para não deixar o oponente na boa”, sugere Rodrigo Comprido. “Fuja o quadril, para assim criar o espaço necessário para escapar”, diz o bicampeão mundial absoluto, uma das atrações do Pan 2012 e da 1ª World Jiu-Jitu Expo.

3. COTOVELOS PRÓXIMOS DOS JOELHOS

“O mais importante para não ficar preso no cem-quilos é usar os cotovelos e as pernas para sua proteção”, lembra Renato Tavares, da ATT Vero Beach. “Procure sempre manter os cotovelos próximos do joelhos, não dando espaço para o controle do rival, e crie espaço para escapar ou raspar”.

4. COMBINE VÁRIAS SAÍDAS

“No cem-quilos, a melhor dica é mesmo não parar de se movimentar na hora em que o adversário estiver passando”, lembra Jonatas Novaes, campeão absoluto do Chicago Winter Open. “Não se deixe acomodar só porque ele está do lado. Naquele momento, ele ainda não está bem na posição, e será mais fácil de você sair. Agora, caso ele já tenha passado, e ganhou a posição e a pontuação, é melhor respirar e esperar o melhor momento para fazer a explosão. Procure combinar várias posições de saída, fazendo que ele defenda bastante e abra espaço para você repor a guarda ou a meia-guarda. Não se esqueça de proteger o pescoço e os braços evitando os ataques de finalização”.

5. VEJA COMO SUPINAR PARA REPOR A GUARDA

O professor Marcos Schubert (Gracie Barra Curitiba) tem várias técnicas postadas no YouTube.com, e no vídeo abaixo mostra como escapulir do cem-quilos. Schubert destaca aqui que o importante é colocar uma mão no ombro e outra no quadril, e supinar para criar o espaço. Então, é esgrimar e fugir o quadril para repor a guarda.

E para você, leitor? Qual a melhor saída? Compartilhe com a gente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s